Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘ONG Preserva São Paulo’

Antiga construção - Praça da Sé

Restauração abandonada, Praça da Sé, São Paulo, SP. Foto: Hélio Bertolucci Jr.

Presente em uma das mesas-redondas da Semana do Patrimônio Histórico, promovida pelo DPH, a Viva o Centro defendeu a necessidade de mudança nas regras do tombamento para que a preservação de tesouros históricos, artísticos e arquitetônicos na cidade caminhe junto com o desenvolvimento. 

O superintendente da Viva o Centro, Marco Antonio Ramos de Almeida, foi um dos participantes da mesa-redonda Tombamento, e depois? Experiências e práticas de gestão do patrimônio cultural: a questão dos incentivos”, juntamente com Vasco de Mello, representantes do IAB-SP; Eduardo della Manna, do Secovi; José Eduardo Rubies, da Associação Preserva São Paulo; José Eduardo de Assis Lefèvre, presidente do Conpresp; e o diretor do DPH, Walter Pires, nesta terça (8/12), na Galeria Olido. 

“Preservação e desenvolvimento caminham no mesmo sentido. Enfrentando a questão sem preconceitos de parte a parte, perceberemos que o desenvolvimento, se conduzido de forma sustentável, pode ajudar a preservar e a preservação, se conduzida sem radicalismos, pode ajudar a desenvolver”, enfatizou Ramos de Almeida.

 A revista urbs, principal publicação da Viva o Centro, teve sua edição de nº 51, referente ao 3º trimestre deste ano,  inteiramente dedicada ao patrimônio histórico. A edição partiu do princípio de que o patrimônio histórico, artístico e arquitetônico, quando preservado, agrega valor econômico para a cidade. Clique aqui para acessá-la.

A matéria é do site Viva o Centro:

Anúncios

Read Full Post »

Castelinho da Rua Apa, cidade de São Paulo, SP, Brasil

Castelinho da Rua Apa. Foto: Hélio Bertolucci Jr.

Pedido de restauração do imóvel está há 1 ano parado no Conpresp; prédio corre risco de desabar

Isis Brum

Um projeto para restaurar o “Castelinho da Rua Apa”, na região central, está sob análise do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) há um ano. Tombado pelo órgão em dezembro de 2004, e na iminência de desabar, o imóvel só poderá ser reformado com o aval do próprio Conpresp.

Há duas semanas, a 4ª turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região decidiu que é obrigação da União preservar o castelinho, propriedade da qual é dona, e adotar medidas emergenciais para evitar a degradação completa do imóvel. Mas a Gerência Regional do Patrimônio da União em São Paulo, órgão do governo federal, afirma que, se tivesse dinheiro para iniciar as obras imediatamente, não poderia fazê-lo sem a autorização do conselho.

A matéria é do Estadão e continua:

 

Nota do blogueiro: Estive neste local em 2006 (foto), visitando inclusive as partes internas e o que observei é que alguém destruiu muito o que tinha lá dentro. Já não havia mais telhado, piso em madeira do andar superior, etc. Pelo que observo em fotos atuais é que outras coisas foram retiradas. Fica um pergunta. Quem é a pessoa responsável por este imóvel? Como esse telhado, piso, gradis, etc. sumiram do imóvel?  Perguntas que estão sempre sem respostas. Quem ocupa um imóvel público e tombado pelo patrimônio no mínimo tem que conserva-lo e não destruí-lo. Só neste país mesmo um descaso deste porte!

Read Full Post »

A associação Preserva São Paulo convida todos os interessados para participarem do lançamento da nossa primeira publicação, o livro “Nossa cidade, nossa casa”.

Será dia 22 de setembro (terça-feira) , das 19 às 21 horas, no belo auditório do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, na Rua Benjamin Constant, 158 (metrô Sé).

Quem comparecer no lançamento vai ganhar de graça um exemplar do livro!

Numa linguagem bem didática, ele explica a importância da preservação e dá várias dicas de como conservar e restaurar seu imóvel, histórico ou não. E ainda ensina a reconhecer os principais estilos arquitetônicos da cidade, tudo isso ricamente ilustrado.

Para quem for, favor confirmar a presença através do email: imprensa@preservasp.org.br

nosso site: www.preservasp.org.br

Read Full Post »