Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \24\UTC 2009

Arqueólogos acreditam que existiram aldeias indígenas no local. Obra de R$ 100 milhões está parada há duas semanas.

 Uma obra de R$ 100 milhões no Largo da Batata, na Zona Oeste de São Paulo, foi paralisada porque arqueólogos dizem que no local existiu uma das primeiras aldeias indígenas da capital paulista. As escavações para procurar o sítio arqueológico começaram na tarde desta quarta-feira (18).

A matéria é do site G1 e continua:

Read Full Post »

Luz

Região da Luz. Foto: Hélio Bertolucci Jr.

(18/11/2009)

Da Redação

Um termo de cooperação entre o Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – e o Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – vai permitir a doação de madeiras apreendidas para trabalhos de restauração do patrimônio arquitetônico brasileiro, como de igrejas e centros históricos.

O anúncio foi feito pelo ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, durante a reunião do Conselho Nacional de Política Cultural, nesta terça-feira (17/11), em Brasília.

Minc disse ainda que a Agência Nacional do Cinema vai aderir à Agenda Ambiental na Administração Pública, incluindo critérios socioambientais em suas ações, buscando o melhor uso de materiais e dos recursos naturais no ambiente de trabalho. O ministro afirmou também será criado um grupo de trabalho de cooperação permanente entre os ministérios do Meio Ambiente e da Cultura.

A partir desta reunião, o CNPC – Conselho Nacional de Política Cultural – se comprometeu a compensar os gases emitidos para a realização da reunião, com o plantio de árvores do cerrado em área de reflorestamento. Para isso, vai realizar em todas as reuniões uma pesquisa para calcular o consumo de energia elétrica, gás, transporte e lixo.

A matéria é do Globo Rural

Read Full Post »

Estrada Velha de Santos - Parque Caminhos do Mar

Foto: Hélio Bertolucci Jr.

Um passeio bastante interessante para quem gosta de andar e andar muito é visitar o Parque Estadual da Serra do Mar que está entre os municípios de São Bernardo e Cubatão, na Serra do Mar.

São 8 km da antiga Estrava Velha de Santos – uma das rodovias mais nostálgicas -, e o ponto de partida pode ser em qualquer um dos municípios. Quem pensa que iniciando por São Bernardo, pegando só descida é menos cansativo, ledo engano, porque nos dois últimos dois quilometros a descida é bem ingríme. Segundo um funcionário do parque a subida por Cubatão talvez seja um pouco mais cansativa, mas não força tanto as pernas. 

No trajeto belos monumentos tombados pelo Condephaat: São construções em pedra construído em 1922 em comemoração ao centenário da Independência como: o Pouso de Paranapiacaba, o Rancho da Maioridade, o Belverde e a calçada do Lorena a primeira via de acesso entre a Capital e o Litoral.

Os visitantes também tem a oportunidade de apreciar detalhes de uma das mais ricas biodiversidade do planeta – a Mata Atlântica -, com muitas flores e uma vegetação exuberante. Sem contar com inúmeras quedas d’água e paradas com água potável para consumo.

O parque é administrado pela EMAE – Empresa Metropolitana de  Águas e Energia. Os passeios precisam ser agendados pelo telefone 3333-7666 e custam R$15,00 (quinze reais) nos finais de semana. Estacionamento para 200 carros e acesso pela Via Anchieta/Riacho Grande/Rodovia Indio Tibiriça.

Veja mais fotos:

Read Full Post »

Tem muita gente blogando sobre a cidade de São Paulo e principalmente por aquela cidade que fizeram a bondade em transforma-la nesta megalópole insuportável de viver.

Os mais velhos tem saudades daqueles tempos, dos anos dourados. Os jovens tem curiosidades em saber o que existia naquela época e que hoje só conseguem saber através de relatos e fotografias.

Dentro das minhas buscas sobre São Paulo antigo, patrimônio histórico, etc. encontrei o blog Botecologia editado pelos analistas de sistemas Hudson Henrique Bueno dos Santos e Bruno Stocco Longo. Dentro de muitos posts da área da botecologia, tem um bastante interessante que leva o título deste post.

Vale a pena uma visita ao texto.

Parabéns rapazes!

Visite!

Read Full Post »

Castelinho da Rua Apa, cidade de São Paulo, SP, Brasil

Castelinho da Rua Apa. Foto: Hélio Bertolucci Jr.

Pedido de restauração do imóvel está há 1 ano parado no Conpresp; prédio corre risco de desabar

Isis Brum

Um projeto para restaurar o “Castelinho da Rua Apa”, na região central, está sob análise do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) há um ano. Tombado pelo órgão em dezembro de 2004, e na iminência de desabar, o imóvel só poderá ser reformado com o aval do próprio Conpresp.

Há duas semanas, a 4ª turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região decidiu que é obrigação da União preservar o castelinho, propriedade da qual é dona, e adotar medidas emergenciais para evitar a degradação completa do imóvel. Mas a Gerência Regional do Patrimônio da União em São Paulo, órgão do governo federal, afirma que, se tivesse dinheiro para iniciar as obras imediatamente, não poderia fazê-lo sem a autorização do conselho.

A matéria é do Estadão e continua:

 

Nota do blogueiro: Estive neste local em 2006 (foto), visitando inclusive as partes internas e o que observei é que alguém destruiu muito o que tinha lá dentro. Já não havia mais telhado, piso em madeira do andar superior, etc. Pelo que observo em fotos atuais é que outras coisas foram retiradas. Fica um pergunta. Quem é a pessoa responsável por este imóvel? Como esse telhado, piso, gradis, etc. sumiram do imóvel?  Perguntas que estão sempre sem respostas. Quem ocupa um imóvel público e tombado pelo patrimônio no mínimo tem que conserva-lo e não destruí-lo. Só neste país mesmo um descaso deste porte!

Read Full Post »

PAULO SAMPAIO
DANILO VERPA
da Folha de S.Paulo

No que depender da moradora de rua Amanda Teles Virgilata, 24, sua filha de um ano e quatro meses, Vitória, vai ser miniapresentadora de TV. “Sabe essas menininhas que aparecem nos programas pra crianças? Quero muito que ela faça algo assim”, diz Amanda, grávida de seis meses.

A matéria é da Folha Online e continua:

Read Full Post »