Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \31\UTC 2009

Site Senado

Site Senado

Os 120 anos de nascimento de Cora será tema da próxima exposição do Museu da Língua Portuguesa, na Estação da Luz, em São Paulo. A contrapartida do Governo de Goiás para a realização da mostra já está assegurada. Por meio de convênio assinado durante a transferência simbólica da capital para a antiga Vila Boa, a Agência Goiana de Cultura (Agepel) repassou R$ 150 mil à Fundação Cora Coralina.

Marlene Velasco, presidente da Fundação, chama atenção para uma coincidência. Segundo ela, ao deixar Goiás, em 1911, o destino de Cora era a Estação da Luz, em São Paulo, para onde volta agora como grande homenageada. Apenas quatro ícones da cultura nacional tiveram sua obra exposta no Museu da Palavra antes de Cora: Guimarães Rosa, Clarice Lispector, Gilberto Freyre e Machado de Assis. A abertura da exposição será no dia 31 de agosto.

Matéria site Goiás Agora:

Read Full Post »

Spiegel OnLine

Spiegel OnLine

Enquanto aqui no Brasil, entre outros paises, o negócio é usar cimento, concreto, tijolos, vidro, furar, perfurar, cavar, etc. na Alemanha jovens arquitetos estudam outra forma de construir, as “arbo-architecture”.

A matéria foi localizada no blog da Priscila de Martini, do grupo RBS.

. . .

Em vez de concreto, tijolo e cimento, três jovens arquitetos alemães estão usando árvores para criar estruturas únicas. Calma, não é árvore cortada, mas árvore mesmo, viva, plantada para isso.

A base do trabalho de Ferdinand Ludwig, Oliver Storz e Hannes Schwertfeger é sempre a mesma. Primeiramente, os arquitetos constroem uma estrutura de suporte convencional. Depois, árvores jovens e flexíveis são presas nessa estrutura e modeladas de acordo com o projeto.

À medida que as árvores crescem, mais peso elas aguentam. Depois de alguns anos, um engenheiro avalia se a estrutura está em condições. Daí, aquela primeira estrutura de suporte pode ser tirada. Nesse ponto, pisos e telhados devem ser totalmente seguros pelas árvores.

Como se vê, não é nada rápido construir um empreendimento desses. E construir casas ou prédios comerciais com essa técnica está fora de questão. Mas os arquitetos já aplicaram a novidade para construir um observatório de aves (foto acima), por exemplo. Além disso, devem montar uma construção para receber shows e apresentações culturais no centro de Stuttgart.

Matéria original e galeria de fotos, por Spiegel On Line:

Read Full Post »

Daniel Mitsuo

Daniel Mitsuo

SÃO PAULO – Um dos mais antigos bairros da capital paulitana, o Ipiranga, situado no sudeste de cidade, deve consolidar-se como destino turístico até 2011. Lançado oficialmente no final de 2008, o Projeto Roteiros Históricos e Culturais do Ipiranga entra na fase de consolidar as parcerias para iniciar os processos de capacitação dos envolvidos com o turismo do bairro. Na primeira fase foi feito um levantamento das atrações turísticas da região, entre museus, casarões antigos e restaurantes. Posteriormente, os proprietários dessas atrações foram convidados a aderir ao projeto. A partir das adesões, consultores visitaram os empreendimentos e identificaram as principais falhas que impedem a profissionalização do turismo na região. Até agora, 56 empreendimentos já receberam o diagnóstico técnico.

Agência Sebrae

A matéria é do jornal DCI e continua:

Daniel Mitsuo no Flickr:

Read Full Post »

 

Obras, ainda sem data para começar, vão focar arquitetura do aeroporto, que é dos anos 50.

Bruno Tavares e Vitor Hugo Brandalise

Uma equipe de engenheiros e arquitetos começa no próximo mês a planejar uma ampla reforma no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo. Ao contrário da última grande intervenção, que entre 2004 e 2007 remodelou por completo o terminal de passageiros e ampliou as vagas de estacionamento para veículos, desta vez o foco será o patrimônio arquitetônico de Congonhas. As obras devem se concentrar no restauro do saguão principal, espécie de “sala de estar” do aeroporto inaugurado na década de 1930.

“Nossa ideia é promover uma harmonização entre cafés, restaurantes e as demais áreas de serviço do aeroporto com sua arquitetura original. Com a configuração atual, ela está ofuscada”, disse João Márcio Jordão, diretor de Operações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), estatal federal que administra 67 principais aeroportos do País.

A matéria é do Estadão e continua:

Read Full Post »

Foto: PMSP

Menos de quatro meses após o tombamento da City Lapa, uma ação para anular a medida será avaliada pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp), a pedido da assessoria jurídica da Secretaria Municipal de Governo. A recomendação foi acatada no despacho assinado em 15 de julho pelo secretário municipal interino de Cultura, João Roberto Sadek.

Agência Estado

A resolução de tombamento poderá ser alterada, caso os conselheiros acatem o processo movido por um grupo de empresários e de moradores da Lapa.

A contestação, prevista legalmente, mobiliza entidades do bairro que reuniram 4 mil assinaturas em um abaixo-assinado. A ação havia sido considerada inconstitucional pelo titular da Cultura, Carlos Augusto Calil, em decisão publicada em 7 de julho no Diário Oficial da Cidade. Mas as entidades conseguiram parecer favorável do assessor jurídico Zenon Marques Tenório, da Secretaria de Governo, que recomendou a análise do Conpresp.

A  matéria é do site Último Segundo  e continua:

Read Full Post »

Um ícone à venda. O Santander vai se desfazer do “prédio do Banespa”, a torre que já foi símbolo do poderio financeiro da maior cidade do País

Eliane Sobral

Altino Arantes – presidente do Estado São Paulo entre 1916 e 1920 – bem que teve sua chance de se perpetuar na memória dos paulistanos, emprestando seu nome a um dos mais conhecidos cartões-postais de São Paulo. Mas, como quase todos os lugares públicos da cidade, o edifício Altino Arantes ganhou um apelido e o nome do político ficou relegado ao segundo plano na história.

O teste de popularidade pode ser aferido nas proximidades do prédio: pergunte a qualquer paulistano como chegar ao edifício Altino Arantes e a resposta provável será um ar de interrogação. Tente saber onde fica o “prédio do Banespa” e o itinerário estará na mão. Projetado para ser uma réplica do Empire State Building, de Nova York, o velho edifício está à venda. A última vez em que mudou de mãos foi em 2000, quando o Banespa foi privatizado e vendido para o Santander.

A matéria é da revista Isto É Dinheiro e continua:

 

Opinião: O governador José Serra deveria comprar o Edifício Altino Arantes e tranforma-lo no novo palácio do Governo do Estado de São Paulo.

Read Full Post »

Igreja do Pátio do Colégio passa por reforma após 30 anos. Obra em ponto turístico de SP deve ser concluída no final de setembro. Trabalho visa recuperar ‘esplendor do barroco’ diz padre.

Luísa Brito Do G1, em São Paulo

Após 30 anos de sua construção, a Igreja do Beato José de Anchieta, no Pátio do Colégio, Centro de São Paulo, terá seu interior totalmente reformado. A primeira etapa das obras, que é feita no altar, começou há um mês e será concluída nesta semana. A chamada nave da igreja, onde ficam os fiéis, deve começar a ser modificada no dia 27 deste mês e ficar pronta no final de setembro.

 Com a reforma, o altar ganhou um painel de azulejos dourados, piso de granito cor de vinho e terá uma cruz de madeira do século 16 feita em Portugal. A cruz, que atualmente está exposta no museu que fica ao lado da igreja, tem cerca de 1,90 metro e ficará suspensa por um cabo de aço em frente ao painel dourado.

 A matéria é do site G1 e continua:

Read Full Post »

Older Posts »